sexta-feira, 4 de novembro de 2011

NRP "CTE JOÃO BELO" - O Almirante Gago Coutinho



ALMIRANTE GAGO COUTINHO, COMO GEÓGRAFO E CARTÓGRAFO







Série de 1978, dedicada ao Almirante Gago Coutinho
(frente)
(Verso)







O historiador da náutica e cartografia portuguesa, não pode deixar de ser também historiador dos descobrimentos, e assim foi que Gago Coutinho, depois de ter sido navegador, geodeta e cartógrafo, passou a dedicar-se, quando a idade já começava a interferir com o árduo trabalho de campo, ao importantíssimo capítulo da história dos descobrimentos.
Foi ele quem chefiou a Missão Geodésica da Ilha de S. Tomé.
Um dos seus últimos mas não menos notável trabalho consistiu na triangulação da Ilha de S. Tomé (1916-1918), da qual veio a resultar o conhecimento aproximado dos pontos segundo os quais o equador, geodésico ou absoluto, cortava a ilha. Tratou-se de um trabalho que custou ao afamado geógrafo 14 meses de operações de campo, e mais dois meses de trabalho de gabinete.
 Em honra ao seu empenho, a Comissão de Colonos de S. Tomé, ergueu no Ilhéu das Rolas, o Padrão de Gago Coutinho, no Ilhéu das Rolas.
 Deste modo, em 1923, o ilhéu passou a ser denominado com o nome do Almirante e o canal que separa a ilha de S. Tomé e o Ilhéu recebeu a designação, Canal Sacadura Cabral.
Terminados os trabalhos desta missão, Gago Coutinho apresentou o magistral Relatório da Missão Geodésica da Ilha de S. Tomé, de 1915 a 1918, que foi considerado oficialmente o primeiro trabalho de geodesia completo referente a uma das nossas colónias.
Mais tarde escreveu, “foi a combinação de todas as observações que se deduziu a latitude média, ou geodésica, de todos os vértices”. Basta dizer que a latitude máxima do centro do marco geodésico em 1917, construído no ponto mais alto do Ilhéu das Rolas, foi por ele calculada em 1.95’’ S. Medições feitas em 1935, com maiores recursos técnicos, acusava a diferença de apenas 3cm!
Gago Coutinho considerava-se "geógrafo colonial", pois durante vinte anos prestou serviço nas províncias ultramarinas portuguesas, vivendo no mato ao ar livre e dormindo em tendas de campanha. Durante estes anos delimitou mais de dois mil quilómetros de fronteira e efectuou trabalhos de triangulação em superfícies superiores a oitocentos quilómetros quadrados. Consta, inclusivamente, que chegou a atravessar duas vezes África, sendo que só na missão de Barotze andou cinco mil e duzentos quilómetros quadrados.
O Almirante Gago Coutinho, foi um sábio, herói, homem simples e grande português

António da Silva Martins




Sextante, aparelho de orientação, inventado pelo Almirante Gago Coutinho.


Marco Geodésico, de Gago Coutinho, colocado no ponto mais alto do Ilhéu das Rolas.
(Foto do blogue novacasaportuguesa.blogspot.com)
1952
Capela no Ilhéu das Rolas
Padrão de Gago Coutinho (Ilhéu das Rolas)
Homenagem da Comissão de Colonos em 1923



ILHÉU DAS ROLAS  (OU ILHÉU GAGO COUTINHO)

UM PARAÍSO

O Ilhéu das Rolas, fica situado a Sul da Ilha de S. Tomé, a cerca de 60 Km da Capital.
Tem um dos fundos marinhos menos explorados e mais deversificados e coloridos do planeta.
O espírito pacífico das suas gentes, a beleza das paisagens, ainda num estado virgem, as praias desertas bordadas por coqueiros e de agua amena, a vegetação e o clima, fazem de S.Tomé e Princípe um país vocacionado para o turismo e um destino original.
(Ir a S. Tomé e não ir ao Ilhéu das Rolas, é como "ir a Roma e não ver o Papa"!)
Este Ilhéu, está bem servido de transportes marítimos, com um movimento de embarcações bastante rasoável, que saem de Porto Alegre, em S. Tomé.
Neste Ilhéu, instalou-se uma unidade hoteleira, conhecida por Ilhéu das Rolas Resort.




Entrada  para o Restaurante do Resort
  
Resort Hotel

Vista panorâmica apreciada do  Resort  Hotel

Paisagem envolvente do Resort Hotel

Piscina de agua salgada.

Turismo ou desporto subaquático

Mais um registo que faz parte deste tipo de turismo subaquático.
Nestas águas é fácil apreciar toda a sua natureza
O Mundo subaquático do Ilhéu das Rolas é maravilhoso
Na superfície também se pode, de vez em quando, apreciar imagens como esta


A NRP "SAGRES" NO ILHÉU DAS ROLAS


REPORTAGEM FOTOGRÁFICA,  EXCLUSIVAMENTE  PARA ESTE BLOGUE. 


AS FOTOS FORAM REGISTADAS PELO CAMARADA ALBERTO ALBINO CAMACHO, QUE SE ENCONTRAVA DE FÉRIAS, NO RESORT, PESTANA EQUADOR, NO ILHÉU DAS ROLAS, EM JUNHO DE 2008, ALTURA EM QUE A "SAGRES" FUNDEOU NAQUELE ILHÉU.


PESTANA EQUADOR

O Pestana Equador fica situado no Ilhéu das Rolas, a cerca de 60 km da capital de São Tomé e Príncipe, é um verdadeiro paraíso natural para umas férias românticas, desportivas ou mesmo de lazer. O acesso é efectuado unicamente por barco, a partir de Porto Alegre, na ilha de São Tomé.
Tem um dos fundos marinhos menos explorados, mais diversificados e coloridos do planeta, é sem dúvida um dos melhores locais para prática de desportos subaquáticos.
Este resort em São Tomé e Príncipe é ideal para descontrair e estar em contacto com a natureza. O espírito pacífico das suas gentes, a beleza das suas paisagens, ainda num estado virgem, as praias desertas bordadas por coqueiros e de água amena, a vegetação, o clima, a comida, a música, fazem de São Tomé e Príncipe um país vocacionado para o turismo e um destino original.
Para os seus momentos de lazer o hotel possui 1 piscina de água salgada (adulto e criança), jacuzzi, animação diária entre outras actividades.
Saboreie refeições típicas e deliciosas no Restaurante 7 Pedras e descontraia com uma bebida ao final do dia num dos 3 bares do hotel, um dos quais o bar da piscina.
Todos os quartos deste hotel em São Tomé dispõem de ar condicionado, W.C. com duche e televisão satélite.



A NRP "SAGRES" fundeada em frente ao Ilhéu das Rolas-2008
A "SAGRES" vista de outro ângulo, ao largo do Ilhéu-2008

Registo efectuado do Resort onde se encontrava hospedado.
 A "SAGRES" fundeada em frente ao Ilhéu-2008
Residencial no Ilhéu das Rolas-2008

Alberto Albino Camacho a caminho da Residencial- 2008
Quadro do Resort no Ilhéu das Rolas-2008
Interior da Residencial
Marco Geodésico,  marcando a passagem da linha do Equador, no Ilhéu das Rolas
Junho de 2008
Linha do Equador  e o mapa Mundo, desenhada  no solo-2008
Linha do Equador-2008

Alberto Albino Camacho, este blogue agradece a sua colaboração, com o envio das suas fotos para aqui serem publicadas. Saudações Navais