Wikipedia

Resultados da pesquisa

sábado, 13 de agosto de 2011

FRAGATA JOÃO BELO. Estadia em Sydney.





FRAGATA JOÃO BELO - ESTADIA EM SYDNEY



The City of Sydney With its proud Austrália Square
 and  inpressive Opera House.
(Esta imagem é propriedade do Blogger)


The City of Sydney With its proud Austrália Square
 and  inpressive Opera House.
Porquê o barramento!!!???






TWILIGHT at  SYDNEY HARBOUR.
The liner  Camberra hugs the quaiy of the Overseas Terminal, 
adding to the  romantic
setting of the Harbour  Bridge and lit-up Luna Park,
 while the fast Ferries get ready for their runs 
to  the North   Shore.
(1970). Esta imagem é propriedade do Blogger

Porquê o barramento!!!???
TWILIGHT at  SYDNEY HARBOUR.
The liner  Camberra hugs the quaiy of the Overseas Terminal, adding to the  romantic
setting of the Harbour  Bridge and lit-up Luna Park, while the fast Ferries get ready for their runs to  the North   Shore.
(1970).




The Hydrofoil "FAIRLIGHT" speeds past the  Pylon lookout of the
 SYDNEY  Harbour   Bridge. (1970)
Esta imagem é propriedade do Blogger

The Hydrofoil "FAIRLIGHT" speeds past the  Pylon lookout of the
 SYDNEY  Harbour   Bridge. (1970)
Porquê o barramento desta imagem!!!???


El Alamein Fountain, Kings Cross - SYDNEY
(1970)


MOEDA COMEMORATIVA DO 2º CENTENÁRIO, DA CHEGADA DO CAPTAIN  COOK
À AUSTRÁLIA  (1970).
Esta moeda é propriedade do Blogger



FRENTE


VERSO





Chegamos a este porto em 24/04/70,onde permanecemos até
01/05/70

Após os serviços da faina habitual terem terminado, a guarnição, como sempre, preparou-se para dar a sua voltinha pela cidade.

Por regra, era raríssimo encontrar um  marinheiro fardado a passear isoladamente. Saíamos sempre em grupo de dois ou mais. Por onde se passava, sempre se encontravam marinheiros  de diversos países. Estavam representados, nas comemorações navios de nove países e os australianos.

O primeiro e um pouco do segundo dia foram ocupados, por uma parte da guarnição, a representar a nossa Marinha, nos festejos militares e a outra parte, aproveitou para fazer o seu  passeio turístico na cidade de Sydney. Preparados com as suas novas máquinas fotográficas e de filmar, recentemente compradas em Macau, lá foram captando, as suas imagens preferidas.

Nos dias que se seguiram, apareciam convites de algumas autoridades locais, militares e civis, e até particulares, para diversos  eventos. O Comandante e seus oficiais, elaboravam as listas para distribuírem o pessoal disponível, conforme as solicitações. Isto prolongou-se quase até ao ultimo dia da nossa estadia em Sydney.

Tivemos convites para passeios de autocarro, pela cidade e arredores, para festas, bailes, uns dias de férias em casa de Australianos, próximo de praias, etc., etc..

Quando não se fazia parte de grupos de saídas organizadas, se tivéssemos a sorte de ter os companheiros habituais disponíveis, lá se combinava  uma passeata noturna,  naquela cidade maravilhosa, a qual nos surpreendia, naquele tempo,  com aquilo que nos envolvia. Bares á moda do Texas, beber em copos de vidro na rua, liberdade feminina, ( o que nos punha de pé atrás), por falta de hábito!!! Mas também nos adaptamos muito rapidamente a esses modos de vida...

Em qualquer bar da cidade se encontravam  marujos estrangeiros. O meu grupo, esteve em França, para se adaptar á Fragata  João Belo e logo que se avistava qualquer marujo francês,  havia cerveja e conversa até dizer:- Chega!!! Alguns conheciam-se  de  França!!! Bons tempos passados. Brevemente irei dar continuidade a esta estória, narrando algumas das nossas aventuras em terras dos nossos antípodes.

António da Silva Martins (Marinheiro Radarista - 1330/66)